segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Dr.Quinn Medicine Woman

Certo, eu preciso falar disso, eu preciso falar dessa série que já virou o vício das 14hrs da tarde, (horário que a TCM exibe a série) um vício maior do que o do Candy Crush opaa, exagerei?!ou não! é sim, é a série Dr.Quinn Medicine Woman , já faz um tempo que eu estava querendo fazer um post sobre a série, e agora que já estou a mais tempo acompanhando a série, agora já posso falar mais sobre ela!

Enfim, minha mãe começou a assistir a série antes do que eu , e não me interessei muito, (na verdade era porque era bem no horário que eu ficava no chat do face fofocando com as amigas...) e aí um dia tivemos que sair e minha mãe pediu pra eu gravar a série pra ela, gravei é claro porque ela só estava saindo porque eu estava obrigando ela ir comigo , quando chegamos em casa ela me pediu pra colocar o episódio do dia, e eu como estava muito cansada fiquei junto pra ver também e não é que eu me apaixonei! O primeiro episódio que vi foi quando o Brian um garotinho lindo, fofo acaba caindo de uma árvore e aquele tombo foi tão feio que a coisa ficou preta pro lado dele, mas como a Dr.Mike é a heroína da história é claro que ela deu um jeito por mais incrível que a coisa pareça ela resolve! E como eu não sabia nada da história, dos personagens , eu ficava toda hora perguntando pra minha mãe "quem é esse?" , "porque isso" "ah mais como isso aconteceu?" e eu já estava quase ouvindo um "para de perguntar e deixa eu assistir" da minha mãe! Mas como ela é pacienciosa ela respondias todas as minhas perguntas sobre a série! E é claro que a primeira coisa que eu quis saber sobre a série era "como é que essa Dr.Mike foi parar aí no meio do velho oeste?" Simples, Michaela Quinn é a 5ª filha de um renomado médico de Boston , o seu pai achando que finalmente viria o filho homem escolheu o nome Michael pra o bebê, mas no fim veio a Michaela , se ele estava ficando preocupando com quem seguiria os passos dela na medicina, ele já logo ficou calmo, Mike enfrentou tudo e todos -até a própria mãe- e entrou na primeira escola de medicina para mulheres , naquela época , não era nada normal uma mulher ser médica, a série se passa lá nos anos de 1860, o pai de Mike foi quem mais a apoiou, porém depois de sua  morte, ela percebeu que os poucos pacientes que tinha iam lá só pelo pai dela...então ela resolveu fazer algo de interessante da vida, resolveu ir tentar a sorte na nova fronteira do País, mais especificamente na cidade de Colorado Springs , e aí é quem vem a famosa frase de abertura da série :
"Disseram que uma médica mulher não sobreviveria na nova fronteira.Mas eu não vou desistir. E eu não estou sozinha mais, eu herdei uma família, e esse pode ser o maio desafio de todos"
E aí eu te perguntou Percival, como é que ela herdou uma família? No piloto da série, Charlotte a parteira da cidade, e a única que foi amigável com Mike , acaba sendo picada por uma cobra, e não teve nada que a Dr.Mike pudesse fazer , e antes de morrer Charlotte fez Mike prometer que cuidaria de seus três filhos Matthew, Colleen e Brian ,no começo foi um "Deus nos acuda" o Matthew marrento que não queria ficar com a Michaela de jeito nenhum e você estava pensando em ir pra onde criatura? , A Colleen naquela de " a onde meu irmão ficar eu fico.." e o Brian , sensacional desde o começo da série querendo fugir pra ir morar com os Cheyennes , uma tribo indígena que habitava aquela região na época... mas no fim deu tudo certo!
A série em sim retrata bem o preconceito que Mike sofreu sendo uma médica e mulher e ainda mais solteira, falavam que nenhuma solteira era vista bem na região, e também os conflitos entre o exercito americano e os índios, a série mostra alguns acontecimentos reais e também alguns personagens reais como o General Custer e o Chefe dos Cheyennes o Chaleira Preta, e foi ajudando ele que Dr.Mike recebeu seu nome indígena "Medicine Woman" em portuga "Mulher Que Cura". E além disso , tinha aquele bando de povo cabeça oca , que tinha preconceito de tudo, e aos poucos o pessoal foi se acostumando com a Dr.Mike , e é claro, que se tem a mocinha da história tem o mocinho também e que mocinho , Sully é o galã da história e manja de todos os paranauês possíveis, e manja mesmo, Sully um montanhista acostumado a viver por aí desde a morte de sua esposa e de sua filha , se apaixona logo de cara por Michaela, e depois de 3 temporadas de enrolação, eles finalmente se casam, já casou sendo pai de 3! Ueeepa! E depois eles tiveram a própria filha Katie

Durante a série , o elenco passou por mudanças e a mais chocantes de todas , foi Erika Flores por Jessica Bownman, a Colleen, umas das personagens centrais da série, e tudo isso é claro , por salário, dizem que não, mas é claro que foi , dizem que era pela duração do contrato, mas é lógico que tinha dinheiro no meio também né...Faz um favor aí fio....
Além das 6 temporadas, a Dr.Quinn ainda teve mais dois filmes, um lançado em 1999 , um ano após o término da série, só que aí Chad Allen , o Matthew e Jessica Bowman não quiseram dar o ar da graça no filme, o povo também não colabora, tá louco, mas quem precisa deles? Quando se tem Shawn Toovey? O menino com 2 anos de idade era mais que isso sambava na cara de todo mundo...sim, ele é ótimo ator, porque ele sumiu? Etchaa! O filme se passava um tempo após o episódio final, nele Katie é sequestrada.
E depois em 2001, outro filme foi lançando : Dr.Quinn: The Heart Within , nesse Jessica Bowman apareceu, e minha mãe quase teve um ataque quando viu essa foto , e ficou tipo "mas que ser é esse? Quem eres tu e o que tu fizestes com o Brian?" Eu ri mais foi do Cabelo do Joe Lando
E é claro que nem é preciso dizer nada sobre Jane Seymour fazendo o papel principal, é claro que ela ahaza bem, e é logico que ela é Britânica o que que tem na água lá? oloco
Bom, e esse foi meu post sobre Dr.Quinn que eu já estava querendo fazer há tempos e aí está ele! Eu recomendo e muuuito a série! É de Segunda a Sexta as 14hrs na TCM!
Beijos e até mais!